Cases

A RECEITA PARA MATAR A FOME

Banco de Alimentos

A Chef Bela Gil é a estrela da campanha “Receita Para Matar a Fome” desenvolvida pela Conjunto para o Banco de Alimentos de Porto Alegre. Tendo como objetivo desmistificar um assunto sério de forma leve e positiva, a “Receita Para Matar a Fome” busca estimular a participação de empresas e pessoas a fazerem a diferença mostrando a todos como é fácil e necessário ajudar neste tema tão importante. As campanha conta com o apoio da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho-FMSS e Grupo RBS. em TV, jornal, rádio e internet. Todas as peças foram produzidas gratuitamente, e contaram com a parceria da M2 Multimídia e Audiobox. Bela Gil é Chef de Cozinha Natural e busca destacar a importância da alimentação saudável e consciente através de diversos projetos. Essa afinidade com o trabalho de segurança alimentar e nutricional desenvolvido pelo Banco de Alimentos foi um dos principais motivos da escolha dessa personalidade. A segunda parte da campanha conta com uma forte ação digital que contará com o apoio do google que busca de uma firma muito criativa, o clique social.
Veja tudo da campanha em receitaparamatarafome.com.br

A MODA É SER VOCÊ

Pink Cats

A moda é um grande artifício para quem quer se expressar e passar uma mensagem. E em um momento em que todos desejam se mostrar como são, veio o insight que guia a atual campanha da Pink Cats: A Moda É Ser Você. A primeira fase da campanha foi criada para divulgar a coleção Primavera/|Verão 2018 e trouxe peças inspiradas no mundo dos games, trazendo toda a diversão e alegria que a marca carrega em sua personalidade. Para a temporada Outono/Inverno 2018, brincamos com a imaginação por meio de cenários supercoloridos e dinâmicos que interagem com a garota Pink Cats, mostrando como é fácil e possível fazer moda com versatilidade e estilo. Em pós-produção, a Moda é Ser você contará com um grande trabalho de divulgação tanto nas principais mídias do pais quanto no digital, entrando para o hall de mais um trabalho feito em conjunto e com muita dedicação.

DESENVOLVIMENTO É A NOSSA
TRADIÇÃO

Celulose Riograndense

Traduzido no slogan "desenvolvimento é a nossa tradição", a nova campanha institucional da CMPC Celulose Riograndense reforça o posicionamento de marca criado por nós e sustentado há mais de 7 anos. Na campanha de 2017, criamos peças que focam na sustentabilidade economico-socio-ambiental presente no DNA da empresa. A campanha é composta por estratégias de brand content, fundamentais para atingir o nosso maior objetivo: tornar ainda mais conhecido o caráter desenvolvimentista da empresa que investiu recentemente mais de 5 bilhões de reais no Rio Grande do Sul. Nosso trabalho iniciou em 2010, logo após a planta industrial de Guaíba da Aracruz ser vendida para o grupo chileno CMPC. A partir desse momento, iniciamos o trabalho de construção de uma nova e importante marca na vida de todos os gaúchos, a Celulose Riograndense. Lá no início, quando a comunidade não entendia muito bem as mudanças, colocamos nosso time na rua e arregaçamos as mangas. Era hora de trabalhar e, principalmente, transformar a Celulose Riograndense em referência no estado. Nosso desafio foi apresentar a marca, desvinculando-a do antigo nome. Ouvir as pessoas, saber sua opinião e entender sua cultura fez parte de nosso projeto de branding para a Celulose (somos tão de casa que falamos só Celulose, fique à vontade também). Desde o primeiro movimento, coordenamos pesquisas quantitativas e qualitativas, que nos ajudaram a nortear o processo de posicionamento de marca que iniciou com o slogan "Crescendo com os gaúchos". Assim como a essência da Celulose, o tom de comunicação utilizado também foi baseado naquilo que a população mais se importa, quando falamos sobre empresas que se instalam no RS: respeito à cultura e tradição, cuidado com a natureza, geração de empregos e sustentabilidade. As ações sociais não poderiam ficar de fora e a Conjunto colabora para que todos os anos, através do Projeto Educação, mais de 200 mil cadernos escolares e 1 milhão e 500 mil folhas de papel em formato A4 (21cm x 29,7cm) sejam distribuídos para todos os alunos matriculados na rede pública de ensino de 57 municípios que formam a base florestal da empresa. Em 2011, criamos uma nova campanha que reafirmava o compromisso dos acionistas com a comunidade. "Compromisso com o Rio Grande é a nossa marca”, marcou uma fase em que a empresa anunciou a sua ampliação, intitulado como o maior investimento privado do Estado até então. Nela, foram apresentadas as suas ações sustentáveis, seus programas sociais e suas fontes renováveis para o meio ambiente. Sabe o que é melhor? Após o sucesso do início das operações da Guaíba2, em 2015, a Celulose entrou em uma nova fase: mostrando que evoluir sempre é possível.

O movimento que veio para
quebrar as regras de estilo

Kolosh

Usar tênis 24 horas por dia, em qualquer ocasião e em qualquer lugar: estes são os principais pilares do Projeto 24barra7, um manifesto que surgiu de um insight de libertação. Aliamos força e estratégia a fortes influenciadoras web e gravamos uma série de vídeos dos quais foram montados looks que combinavam com diversas situações e momentos do dia a dia, reforçando, ainda mais, a ideia de que é possível atrelar bom gosto e estilo a qualquer dress code. E o Projeto 24barra7 não para por aí! Um novo ano se aproxima e, com ele, uma nova coleção, outras influenciadoras de renome e muitos looks femininos e incríveis para as consumidoras de Kolosh arrasarem com os seus tênis prediletos. Ah, tudo isso será somado a muito trabalho em Conjunto, guiado por ações de transmedia, criatividade e gerenciamento de conteúdo, sem deixar de mencionar o carinho e o cuidado para fazer ações cada vez mais relevantes para a marca.

Uma campanha tão
clássica quanto o seu produto

Cachorro do Rosário

Desde a sua chegada, o Cachorro do Rosário já nos trouxe uma série de desafios que instigaram em toda a equipe a buscar por estratégias eficientes que fossem convertidas em resultados. Iniciamos os trabalhos criando o novo posicionamento da marca, buscando descolar das tradicionais carrocinhas de cachorro-quente para concorrer com os gigantes do fast food internacional. Usando o espírito gaulês que habita em todos os gaúchos, fizemos uso de uma figura que pudesse empunhar nossa bandeira: o Guri de Uruguaiana. Com isto, surgiu uma “união de clássicos” fundamental para trabalhar as estratégias de branding de forma eficiente. E o resultado? um ganho de marca muito importante em tempos de crise. A campanha trabalhou em cima de um personagem clássico e reconhecido pelos consumidores como um elo entre o humor e as tradições gaúchas, de forma que se associou ao produto de uma maneira leve, divertida e jovial.

Nosso Outro Banco

Banco Renner

Oferecer o melhor e ser transparente com seus clientes sempre fez parte da história do Banco Renner. Desde o início, isso criou laços fortes entre o banco e seus investidores, o que acabou fazendo parte dos mais de 30 anos de história consolidada no Rio Grande do Sul e, atualmente, em muitos outros Estados. Quando nos tornamos responsáveis pela sua comunicação, usamos essa transparência para nortear nosso pensamento e optamos por criar um slogan honesto e direto: Seu Outro Banco. Buscamos, com ele, reforçar o atributo complementar que um banco de investimento e de crédito pode ocupar na vida dos consumidores. O mote da campanha que criamos foi “Um banco que subtrai você já tem. Que tal experimentar um que soma?“. Com isso, a ideia foi deixar clara a relação de benefícios que os atuais e futuros clientes do Banco Renner têm. Então, trabalhamos em conjunto e desenvolvemos dois filmes para TV, sendo um institucional e o outro do produto CDB, e também por ações em mídias sociais, e-mail marketing e google ads, unificando a comunicação on-line e off-line.

Kolosh e o ano de ouro

Kolosh

Kolosh, desde 2012, faz parte da nossa carteira de clientes. Neste período, ajudamos a transformar a Kolosh num fenômeno de vendas através de um trabalho completo (o que alguns chamariam de on/off), através da gestão de conteúdo e informação transmedia. De que forma? Pensando em conjunto. Integramos pessoas, ideias, inovação, conhecimento, adicionamos uma pitada de diversão, misturamos com amor e fizemos com que a marca finalizasse 2014 com números impressionantes. Orientamos a marca a defender a bandeira de “Compartilhar um caminho melhor com as pessoas”. A partir desse momento, além de posicionamento, a marca possuía algo ainda mais importante: uma causa. Este movimento foi tão importante para a construção da Kolosh que é algo que nos inspira até hoje a ir mais longe, definindo o “porquê” da marca existir. Frente ao cenário de grandes turbulências econômicas, políticas, culturais e sociais, a Kolosh incentivou as pessoas a redescobrirem o valor de ir às ruas e serem mais felizes. Além disso, a marca transformou publicidade em arte urbana. Foram mais de dez obras autorais, desenvolvidas exclusivamente para Kolosh, que traduziram o DNA da marca e aproximaram-na do cotidiano do público-alvo. Não só atingir, mas interagir, integrar, conversar. Se tem uma coisa que, assim como nós, a Kolosh também gosta de fazer, é conversar, dividir o guarda-chuva naqueles dias em que saímos de casa despreparados, trocar sorrisos, cuidar do meio ambiente e pensar no futuro do planeta. Assim, foi criado o projeto Have a Nice Way, para sustentar o nosso discurso. Entendemos que é preciso criar um fluxo de comunicação de marca no percurso das pessoas. Se elas andarem de ônibus, assistirem televisão, acessarem as redes sociais ou forem passear pelo shopping, a Kolosh estará por lá, numa narrativa transmidiática. Afinal, tudo inicia nas mãos e termina nos pés de quem nos motiva a pensar em mais e mais formas de melhorar o caminho de todos. A consequência dessa relação de confiança é consolidado nos resultados mercadológicos da Kolosh: a marca teve o melhor ano em faturamento de sua história. O que transformou 2014 no ano de ouro da marca. E isso foi resultado de um trabalho integrado, realizado a diversas mãos. Aqui, trabalhamos e comemoramos em conjunto.

UM ESTÁGIO DE SUCESSO

Celulose Riograndense

O legal das mudanças é quando elas se consolidam em histórias de melhorias. Com a Celulose Riograndense também foi assim. Aliás, talvez algumas pessoas a tenham conhecido como Aracruz, outras gerações por Borregaard, mas desde 2009, quando o grupo chileno CMPC - um dos maiores fabricantes de celulose de fibra curta de eucalipto – assumiu o comando da fábrica, ela tornou-se apenas Celulose Riograndense. Há mais de 30 anos, na cidade de Guaíba, acontece o Curso Técnico em Celulose e Papel, realizado pelo Instituto Estadual de Educação Gomes Jardim, com apoio da Celulose Riograndense. Aquele bom e velho “boca a boca”, que em uma linguagem mais publicitária é chamado de “buzz marketing”, fez o curso crescer muito nesse tempo todo. A ideia sempre foi simples, mas importante: formar técnicos de nível médio, qualificados e capazes para atuar nos processos de produção de celulose e papel, engajando a comunidade local e transformando aprendizado em possibilidade de emprego. Legal, né?

A história por trás das páginas
de um livro

Celulose Riograndense

Aproveitamos a participação da CMPC Celulose Riograndense como patrocinadora da 62ª Feira do Livro de Porto Alegre como mais um ponto de contato importante na consolidação das estratégias de branding que traçamos em conjunto com o cliente. O projeto entrelaçou conhecimento e cultura por meio de uma experiência sensorial no meio da Praça da Alfândega. Para desenvolver o conceito da exposição, a Conjunto, em parceria com a Storck Promo, empresa especializada em live marketing, apresentou toda a responsabilidade socioambiental presentes no dia a dia da CMPC Celulose Riograndense. A exposição "Do Eucalipto ao Livro" foi montada num contêiner reutilizado e interativo que apresentava de forma educativa os processos necessários para realizar a transformação de uma árvore de eucalipto em milhares de páginas de livros. Durante 24 dias de feira, o estande recebeu 6.581 pessoas que puderam tocar os cavacos de madeira, conhecer a substância gerada por eles e, por fim, sentir a textura da folha de celulose. Para completar a vivência, foi possível sentir o cheiro das florestas de eucalipto e conhecer os projetos sociais dos quais a CMPC Celulose Riograndense apoia e se orgulha. Mais um projeto pra nossa conta! O desafio de aplicar o marketing de experiência para um projeto que mesclou cultura e conhecimento foi mais uma inovação da equipe que está sempre disposta a trabalhar em conjunto! ;)